Estudantes participam de concurso de soletração em inglês

Evento equivale ao Soletrando no Brasil e envolve alunos do 2º ao 6º ano do Ensino Fundamental; competição acontece nesta sexta-feira (17), em Natal



Estudantes participam de concurso de soletração em inglês

S-P-E-L-L. Se juntarmos as letras em questão, formamos a palavra spell, que traduzido do inglês significa “soletrar”. Na prática, a ação é muito comum nas escolas dos Estados Unidos e consiste em testar os alunos quanto à capacidade de pronunciar palavras em inglês. Em Natal, o concurso ganha força por meio do ensino Bilíngue do Colégio Nossa Senhora das Neves que realiza, nesta sexta-feira (17), a grande final do Spelling Bee, equivalente ao Soletrando no Brasil. O evento acontece no auditório Madre Francisca Lechner, das 11h às 12h30, e envolve crianças do 2º ao 6 ano do Ensino Fundamental.

 

Além de ajudar a fixar o alfabeto e o vocabulário da língua inglesa, a iniciativa exercita a oralidade e favorece o aprendizado da escrita. O evento ainda promove o enriquecimento cultural, a sociabilização e a familiarização com uma atividade popular estrangeira. “Ao estimular a pronúncia correta das palavras, associada aos padrões ortográficos, aumentamos a confiança dos estudantes na sua capacidade de se expressar”, explica a coordenadora do ensino Bilíngue do Colégio das Neves, Juliana Barreto.

 

O concurso começa em sala de aula com um mês de antecedência, onde são realizadas as seletivas. Para a final, são selecionados o top five [cinco melhores] de cada turma, que disputa entre si medalhas de ouro, prata e bronze. Todos ganham boton de participação e são avaliados por professores convidados. Pais e demais alunos completam a plateia. “A competição ocorre de maneira saudável e é essencial para o desenvolvimento dos juvenis”, complementa Juliana.

 

Este ano, Maria Clara Nicácio, de 11 anos, tentará o bicampeonato no Spelling Bee e promete fazer bonito. “A expectativa é muito grande. Apesar de ser uma competição, a gente se diverte bastante. Espero vencer, mas se eu não ganhar, tudo bem. Faz parte. Mas garanto que estou preparada”, diz.