São João do Neves: um sertão repleto de gentilezas



São João do Neves: um sertão repleto de gentilezas

Foi do primeiro louvor em honra aos santos juninos até a última coreografia executada por nossos alunos. O sertão invadiu o Colégio das Neves e contagiou a todos com o clima junino. Nos dois dias de festa, alunos, funcionários e familiares, presenciaram um grande festival de danças, brincadeiras e comidas típicas.


Sexta-feira 14


A procissão dos santos juninos abriu oficialmente os festejos, ressaltando a origem e importância da tradição que é regida pela fé em Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo. O Padre Jarbas abençoou os presentes e ressaltou os valores de respeito e fraternidade, que deviam guiar os alunos nos festejos.
Em seguida, o Ensino Fundamental II e o Pré apresentaram suas quadrilhas juninas no Ginásio Madre Fidélis e deixaram o público encantado. O Pré trouxe originalidade, reformulando o casamento junino com uma boa pitada de sotaque potiguar.
Encerrada as apresentações, hora de aproveitar as duas grandes atrações da noite. Edyr Vaqueiro subiu ao palco improvisado no Ginásio Madre Alberta Garimberti, e não deixou ninguém parado ao som dos seus maiores sucessos. Um forró raiz com a essência do bom vaqueiro. Já Filipe Santos trouxe um repertório variado, com sucessos de forró, sertanejo e funknejo. Foi o maior sucesso!


Sábado 15


No sábado foi a vez das crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental II, darem tom à festa. A história e tradição da maior festa do Nordeste foram retratadas em diversas apresentações. A colheita do milho, o processo de peneirar, as histórias dos santos e a tradição das quadrilhas foram alguns dos temas abordados. Até os nossos bebês do berçário entraram na festa. Na arquibancada, papais, mamães, vóvós e vôvôs se emocionaram com a performance das crianças.
A tecnologia também se fez presente no arraiá através da intervenção da robótica, que trouxe inovação e efeitos especiais nas apresentações.
E como todo bom São João tem que ter brincadeiras e comidas tradicionais, as crianças fizeram a festa na pescaria e estourando chumbinho. Foi pura diversão!


Agradecemos a presença de todos, já na expectativa que em 2020 seja ainda maio e mais bonito.
 
 
Anexos